História do Golfe

O Golfe tem sua origem bastante especulada e, de certa forma, indefinida, dependendo do historiador ou ponto de vista. A ideia mais provável é a de que sua criação tenha se dado pelos escoceses, que praticavam o golfe por volta de 1400. Em 1457, o Rei Jaime II proibiu a prática de golfe na Escócia, mas muitos deles continuaram a jogar em diferentes locais, fazendo buracos na terra e usando tacos de madeira. Dessa forma, tinham como objetivo introduzir as bolas, em cada cova, com o menor número de tacadas.

O campo de golfe mais antigo do mundo, o St Andrews, inaugurado no início do século XVI, está situado na Escócia. Além dele, o The Gentlemen Golfers of Leith foi o primeiro clube de golfe construído, em 1744, e realizava uma competição anual em que uma Taça de prata era disputada. A popularização do esporte começou a partir do século XVI, mesmo limitado às classes mais ricas. Em 1860, já era um jogo conhecido por todo o mundo.

Este esporte pode ser jogado individualmente ou em grupos de dois a quatro jogadores, e uma de suas curiosidades consiste no fato de que não se tem um “adversário” propriamente dito; o único adversário do golfista é o próprio campo. Cada um joga com o intuito de baixar a sua pontuação total no campo.