Projetos Sociais

O projeto “Golfe que te quero Golfe nas Escolas”, desenvolvido no Campo Olímpico de Golfe, tem como objetivo levar a educação ambiental e o primeiro contato com o golfe aos alunos das redes públicas de ensino.

Ao chegarem ao campo, os alunos são encaminhados à uma sala onde assistem as palestras sobre o golfe, educação ambiental e aprendem sobre a fauna e flora do Campo Olímpico de Golfe, além de debates sobre sustentabilidade e preservação ambiental.

Após aprenderem sobre o esporte, que estimula a atenção, concentração, terminalidade de atividades, assimilação de perda e ganho, cavalheirismo, noção de espaço, interação com grupo, dentre outros, as crianças têm o primeiro contato com o esporte em um campo olímpico, o que é uma oportunidade ímpar para aqueles que, em sua maioria, só conheciam o golfe pela televisão.

Os professores Nico Barcellos e Igor Santanna ensinam os alunos a manusearem o taco de golfe, mostram a postura para o melhor alcance da bola, bem como todos fundamentos do esporte. Igor também tira todas as dúvidas dos estudantes e dos professores das escolas, que também podem dar suas primeiras tacadas em um campo olímpico. O incentivo à prática do golfe foi bastante elogiado por eles, que já participaram do programa, por ser uma forma de evolução no comportamento dos alunos através do esporte, uma vez que é preciso ter foco, coordenação, concentração e tranquilidade, características que os alunos podem desenvolver com esta prática. O projeto Golfe nas Escolas promove questões ambientais e sustentáveis, inclusão social e incentivo ao esporte. Esse é mais um legado olímpico desenvolvido pelo Campo Olímpico de Golfe.